Intercâmbio – Qual o melhor país para aprender inglês rapidamente?

Na hora de estudar inglês, a gente costuma ficar em dúvida sobre o que é melhor fazer, não é mesmo? A gente pensa em baixar aquele aplicativo gratuito, em entrar em uma escola de idiomas, em assistir filmes legendados e mais uma série de coisas.

Só que no fim das contas, quase sempre a gente pensa: -“O ideal seria ir para um país que fale inglês para aprender na prática”. Certo? Mas, você já se perguntou qual é o melhor país para aprender inglês rapidamente?

Essa é uma boa pergunta porque hoje em dia temos vários concorrentes que são muito bons, como Estados Unidos, Austrália, Nova Zelândia, Canadá, Irlanda e recentemente muita gente vem falando até mesmo do Caribe e da Nigéria.

Então, para te ajudar nessa busca selecionamos algumas das melhores opções que os brasileiros que vão estudar fora têm hoje em dia. Conheça-as!

1 – Os Estados Unidos

Talvez não lhe resta dúvidas de que os Estados Unidos da América, EUA ou USA, é o lugar ideal e um dos mais indicados para todo mundo que quer fazer um intercâmbio focado no estudo do inglês. Certo?

O país é o mais rico do mundo e dizem que o mais avançado tecnologicamente também.

Para um brasileiro, por exemplo, que tem aulas em escolas de inglês aqui no Brasil, a chance do intercâmbio vai proporcionar algo incrível, que nada mais é do que levar para a prática o que ele aprendeu na teoria.

E que nunca falou inglês ou não faz a mínima ideia de como isso funciona, essa oportunidade de viagem ao exterior para aprender inglês pode ser fantástica se for nos Estados Unidos, onde todo mundo fala inglês, obviamente.

Agora, por ser o berço da língua, uma boa dica para o brasileiro que vai para lá é estudar as cidades que podem ser buscadas como fonte de estudo. As mais reconhecidas para esse fim são: Miami, Boston e Chicago.

E aí você para e pensa: mas, como escolher entre elas? Você vai ter que ter um ponto de partida, que pode ser o dinheiro, o tempo, a distância, etc.

Uma ideia é considerar os pontos fortes de cada cidade americana, sendo que a maioria dos brasileiros estão em Miami e muitos latinos também. Já em Boston é um lugar bem frio e em Chicago temos muita movimentação em termos de cultura e lazer.

A partir daí, faça as contas e planeje a sua viagem para os States!

2 – A Nova Zelândia

A Nova Zelândia tem ganhado muito o mundo no que diz respeito ao assunto do melhor país para aprender inglês rapidamente. Por que? Obviamente porque é mais barato do que os Estados Unidos.

Mas, claro, não é só isso.

O país tem atraído muitos brasileiros porque está na frente dos seus concorrentes (como o próprio EUA, o Canadá, a Irlanda) na hora de conseguir uma vaga de emprego.

E isso é importante porque todo mundo sabe o custo que um intercâmbio tem. Além da viagem, da hospedagem, alimentação, adaptação e consumo ainda tem os custos do estudo, com livros, por exemplo.

E aí, basta pensar que seria perfeito você pode estudar inglês em um país que fala inglês e, ao mesmo tempo, poder trabalhar para bancar o estudo e ter uma melhor qualidade de vida. Parece um sonho, não é mesmo?

Então, isso mostra porque muita gente tem buscado esse sonho na Nova Zelândia.

Só que ainda temos mais um ponto mega interessante para você considerar esse país como um dos melhores para estudar inglês: a ideia de fazer um “teste” sobre morar por lá.

Isso porque para quem vai ficar no país por apenas 3 meses, não há a necessidade de um visto. Então, se for ficar mais, aí sim é interessante ter o visto. Mas, se quiser apenas testar a cultura local, você não tem que se preocupar com isso – por 3 meses!

3 – O Canadá

Por que o Canadá está com uma das opções mais incríveis para fazer um intercâmbio hoje em dia? São muitos os motivos e nós vamos te mostrar alguns deles.

Por exemplo, você sabe que mesmo que o seu foco seja encontrar um país para aprender inglês rapidamente, você também deve considerar a cultura, os custos e a qualidade de vida do local, certo?

Então, ponha na ponta do lápis a conta que mostra que o Canadá é hoje um país com baixíssimo índice de mortes por crimes. Também tem números bem baixos de acidentes de carros (o que é inimaginável para brasileiros) e poucos desastres naturais também.

Por isso, quando o assunto é qualidade de vida, o Canadá sai na frente de muitos concorrentes, como o próprio Estados Unidos.

Agora, também tem o fator financeiro porque o Canadá, em algumas pesquisas, foi o país que mais foi aconselhado aos brasileiros considerando o custo de vida. Isso quer dizer que os produtos são mais baratos do que outros países.

Para quem vai estudar fora do país e está com o orçamento financeiro restrito, isso deve sim ser considerado de forma verdadeira e sincera, não é mesmo?

Por fim, considere ainda que o Canadá também é forte em ensinar o francês, então, se tudo der certo para você, fica aí uma grande oportunidade de aprender outra língua além do inglês.

O bê-á-bá do inglês

Antes de terminar este conteúdo temos uma dica incrível para você. As vezes, mesmo que você tenha muita determinação de mudar de país, pode ser que ache que esse não é o momento certo para viajar para um país para aprender inglês rapidamente.

Isso porque uma mudança de país representa uma mudança de vida.

Aí, para te ajudar a conseguir um pouco mais de confiança temos uma sugestão: é um curso de inglês e já vamos explicar porque essa pode ser uma boa ideia para você.

Bruno é um brasileiro que nunca gostou de estudar inglês. Mais tarde, ele passou pelos Estados Unidos e pela Austrália até que lançou o curso 123 Fale Inglês, que tem aulas práticas que são focadas na conversação.

E você só tem que estudar 10 minutos por dia.

Bom, para você que ainda está em dúvida sobre viajar para outro país para estudar inglês, vale a pena fazer a primeira aula, que é totalmente gratuita e vai te dizer o quão preparado você está para viajar o mundo.

Ficou interessado? Acesse a aula e saiba mais sobre como o curso funciona.

Deixar resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

You may use these HTML tags and attributes:

<a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>